Menu Fechar

10 exemplos muito legais de marketing experiencial

marketing experiencial, para que serve?

A premissa é criar um vínculo mais estreito entre o consumidor e a marca, mergulhando-os numa experiência divertida e memorável.

Se um evento de marca desperta emoções genuinamente positivas dentro das pessoas, é mais provável que elas associem essas emoções a essa marca, o que é mais eficaz do que apenas mostrar-lhes um anúncio no Facebook ou algo assim.

Ocasionalmente, a linha se esbate entre o marketing experiencial e uma proeza de relações públicas simples, mas não estamos aqui para perder tempo a discutir as definições.

Aqui estão 10 grandes exemplos de marketing experiencial. Incluímos métricas relevantes de sucesso onde elas estão disponíveis, mas outras incluí só porque são muito legais…

Metragem de Caça-Fantasmas: O Homem Marshmallow causa estragos na estação Waterloo

Commuters em Londres em 2016 ficaram espantados ao ver o Homem Marshmallow Stay Puft emergir através do piso do concurso da estação Waterloo.

Como relata a nossa escritora Nikki Gilliland, “com a pesquisa descobrindo que eventos inesperados podem resultar em mais respostas de prazer no cérebro, as marcas estão cada vez mais à procura de formas de ‘surpreender’ e ‘encantar’ os consumidores.”

Esta campanha certamente fez isso.

Forbidden Planet também tinha uma loja popup sobre o mesmo tema em Waterloo, construída para parecer uma estação de metro de Nova Iorque, e que permitia aos passageiros pendulares comprar bilhetes de cinema e lembranças.

O nosso stand #ghostbusterswaterloo está agora aberto das 8h às 20h – para todas as suas guloseimas #Ghostbusters! pic.twitter.com/ikJdMnxcvH

– Forbidden Planet (@ForbiddenPlanet) 15 de Julho, 2016

Usando a hashtag #ghostbusterswaterloo, a acrobacia foi um sucesso no Instagram, com muitas pessoas a aproveitarem uma oportunidade única de fotografia.

2. A experiência da Coca Cola na Copa do Mundo de AR de 2018

Coca Cola comemorou o início da Copa do Mundo de Futebol de 2018 com uma experiência de realidade aumentada fora da estação de trem de Zurique.

Os participantes podiam mostrar as suas habilidades no ecrã com o suíço Xherdan Shaqiri, tirar uma foto com o The Powercube (um dos seus muitos apelidos) e entrar numa competição para ganhar a bola oficial do jogo do Campeonato do Mundo de Futebol da Fifa.

Uma experiência imersiva usando AR em grande escala foi uma ótima maneira de engajar verdadeiros fãs de futebol e dar-lhes uma memória ligada à marca Coca-Cola e ao maior evento esportivo do mundo.

WaterAid’s Hope Lockers

WaterAid trabalhou com Proximity e MediaMonks em 2016 para criar seus Hope Lockers.

Como o vídeo explica, telas dentro dos armários reproduzem um vídeo quando os nadadores retornam ao seu armário – dando-lhes informações sobre a situação daqueles sem água limpa, e dizendo aos nadadores quantas crianças morreram no tempo em que nadavam como resultado de água suja.

No final da mensagem, o nadador é perguntado se quer que a sua moeda de libra seja devolvida ou se gostaria de doá-la à causa.

A atenção dos nadadores tem de estar concentrada na campanha para recuperar a sua moeda de libra, tornando este um momento cativo. É claro que os cacifos provavelmente não seriam lucrativos em escala, mas seriam usados como uma ferramenta de relações públicas/experiencial para promover a conscientização via boca a boca e cobertura da imprensa.

Click to enlarge.

hope locker

Doc McStuffin’s check up clinic

Doc McStuffin é um programa de TV do Disney Channel sobre uma menina de seis anos que cura brinquedos da sua clínica imaginária.

Se ainda não ouviste falar, vou pedir à minha sobrinha de sete anos para te cantar a melodia do tema.

Para promover a segunda série em 2014 e aumentar a venda de mercadorias a Disney recriou a clínica do Doc em Tesco, Smyths e Toys R Us no Reino Unido.

As crianças tiveram uma experiência imersiva de 10 minutos onde assumiram o papel de Doc e diagnosticaram o que estava errado com o Big Ted.

As crianças à espera da sua vez puderam brincar com a mercadoria do Doc McStuffin, colorir ou ver clips do programa de TV.

Muitas 8.000 crianças participaram na experiência, 75% das quais a classificaram como ‘excelente’ (presumo que tenham inquirido os seus pais).

Mais importante, criou um aumento de 5,3% na propensão para comprar mercadorias.

O Filme Simpsons: 7-Eleven’s transformados em Kwik-E-Marts

Okay, então este é um exemplo antigo, mas eu gostei muito, então aqui está ele.

Back in 2007 20th Century Fox fez uma parceria com a 7-Eleven para transformar 12 de suas lojas em Kwik-E-Marts, a loja dirigida pela Apu no The Simpsons.

Foi tudo para promover o lançamento do The Simpsons Movie.

O Kwik-E-Marts ofereceu quantidades limitadas de cereais do KrustyO, Buzz Cola e bebidas congeladas Squishee.

Uma edição especial de uma história em quadrinhos do Homem Radioactivo também foi produzida apenas para a 7-Eleven, enquanto os cidadãos de Springfield em tamanho real podiam ser vistos nas lojas.

The Lush Creative Showcase

Cosmetics brand Lush gere um Creative Showcase anual tanto para promover novos produtos como as suas credenciais digitais e éticas.

Todos juntos podemos trabalhar para um futuro melhor e mais justo. Foi o que @jeremycorbyn apresentou no #CreativeShowcase https://t.co/3dCJdhQrbQ pic.twitter.com/PPHf9PWdmH

– LUSH UK (@LushLtd) 4 de Setembro de 2017

Este evento de ticketed permite que os fãs da Lush se aproximem e se aproximem da marca. Nikki Gilliland relatou em 2017 uma pesquisa visual e de voz, juntamente com instalações Instagrammable.

lush lens

Lush stores of course already give an immersive experience with their staff giving demonstrations of products. O Showcase leva esta abordagem personalizável mais longe, envolvendo super fãs em grande escala.

lush jellies

Samsung Studios – 2012 Olympics

Como parte de seu patrocínio das Olimpíadas de 2012, a Samsung criou experiências de marca em vários destinos em Londres, incluindo St Pancras International, Stratford International, Westfield Stratford, N1 Centre Islington, Canary Wharf, One New Change, Broadgate e Heathrow T1 lounge de partidas.

A decorrer de meados de Julho até ao início de Setembro os ‘Samsung Studios’ concentraram-se na demonstração do novo Galaxy S3 e Galaxy Note.

Os visitantes podiam jogar com o aplicativo dos Jogos Olímpicos da Samsung ou ter a sua foto tirada no Galaxy S3 e instantaneamente transformar-se num crachá personalizado.

Havia também uma competição para ganhar um S3 e uma viagem ao redor do mundo se as pessoas pudessem ser incomodadas a voltar todos os dias para recolher crachás especiais.

Notavelmente, nenhum produto era vendido nos estúdios.

marketing experimental

Análise mostrou que metade dos visitantes passaram entre seis e dez minutos no Samsung Studio, enquanto a média de interação foi de 7 minutos e 45 segundos.

Para aqueles no mercado para um novo telefone, a média de interação foi de 8 minutos e 15 segundos.

Entre vários outros resultados, nove dos dez visitantes afirmaram ter mais probabilidade de considerar um telefone Samsung como resultado de terem interagido com o Samsung Studio.

E pouco mais de um terço (35%) disse ter muito mais probabilidade de considerar a Samsung.

Como a Samsung usa a escuta social para marketing de produtos e análise de sentimentos

Adidas e Derrick Rose’s Jump Store

As lojas de pop-up não são um conceito novo, mas a ‘D Rose Jump Store’ de 2013 da Adidas em Londres foi um corte acima do resto.

Chicago Bulls point guard Derrick Rose estava presente para desafiar os fãs a ganharem um par de treinadores gratuitos, tirando-os de uma prateleira que por acaso estava a 10 pés no ar.

É uma experiência relevante, emocionante e memorável para todas as crianças que participaram.

Tournee de guerrilha do Mountain Dew no Reino Unido.

Eu já nem tenho a certeza se consegues comprar o Mountain Dew no Reino Unido, por isso talvez eles devessem fazer mais acrobacias deste tipo.

Para sensibilizar e encorajar as pessoas a experimentar a Mountain Dew Energy a equipa de marketing concebeu uma ’tour de guerrilha’ de 43 dias em 2012 que teve como alvo os consumidores em festivais, centros de transporte e centros urbanos.

Uma equipa de 15 embaixadores da marca conduziu por todo o Reino Unido num camião Mountain Dew, organizando várias competições e donativos. Eles também distribuíram amostras grátis.

Este vídeo explica mais:

A campanha alcançou um ROI de £1,85 por cada £1 gasto, e 55% das pessoas visadas pelo evento foram comprar um Mountain Dew, mais de um terço das quais eram novos compradores.

IKEA’s store sleepover

In the UK Ikea hosted a sleepover in 2011 in its Essex store in response to a Facebook fan group called ‘I wanna have a sleepover in Ikea’.

Almost 100,000 people joined the group and Ikea gave 100 of them the chance to actually spend a night in the warehouse.

The winners were given manicures and massages, and had a bedtime story read to them by a reality TV star.

There was also a sleep expert on-hand to give people advice and potentially help them choose a new mattress.

Five brands infusing AR with experiential marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *