Menu Fechar

5 Exemplos de Powerful Global Branding em Acção

Please Share:

Nos anos 80, apenas um punhado de marcas, como a Coca Cola e a IBM, dominaram o palco global. No entanto, como a internet continua a diminuir as barreiras para entrar em novos mercados, um número crescente de empresas são capazes de atingir este nível de influência.

Hoje, construir uma marca global requer muito mais do que simplesmente traduzir o seu site em diferentes idiomas. As empresas mais bem sucedidas compreendem que mensagens consistentes e universalmente atraentes têm de ser combinadas com uma compreensão da cultura e gostos locais – uma táctica que é conhecida como uma estratégia ‘glocal’.

Aqui estão cinco exemplos de marca global poderosa em acção.

Airbnb

Quando a Airbnb foi lançada, a marca enfrentou um grande desafio: convencer as pessoas em todo o mundo de que ficar na casa de um estranho não é estranho ou assustador. No entanto, sob a orientação do CMO Jonathan Mildenhall, a empresa experimentou um sucesso global notável – agora tem listagens em mais de 190 países.

A estratégia global da Airbnb é a localização, com um departamento dedicado à localização responsável por tornar o site acessível em todo o mundo, bem como contar histórias locais – essencial para desenvolver a confiança e um sentido de comunidade entre os anfitriões e os viajantes.

A marca também introduziu um símbolo universal como seu logotipo – o Belo – que simboliza ‘pertencer’ não importa onde você esteja no mundo.

Apple

A marca global de maior sucesso do nosso tempo, todos nós podemos aprender uma ou duas coisas da Apple. Quando se trata de seus produtos, a empresa optou por uma estratégia de tamanho único, com design de iPhone idêntico, independentemente da região. E, embora esta possa ser uma tática perigosa, a abordagem minimalista e intuitiva da Apple resultou em produtos com apelo global.

No entanto, a marca sabe onde essa padronização precisa terminar. O protocolo de atendimento ao cliente de cada uma de suas lojas em todo o mundo é adaptado aos gostos locais e, apesar de ter a mesma aparência e sensação independentemente da localização, o conteúdo do site da Apple é cuidadosamente traduzido e localizado para o público internacional.

Starbucks

É impossível falar de uma poderosa marca global sem mencionar a Starbucks. Com cerca de 20.000 lojas em 63 países, a cafeteria mais popular do mundo deixou sua marca do Brasil à China, onde muitos pensavam que não conseguiria decolar devido à importância cultural de beber chá.

Mas o que é a marca Starbucks que lhe dá tanto apelo global? A empresa tem se esforçado muito para que cada Starbucks se sinta como uma cafeteria local, sem perder a consistência da marca. Por exemplo, na China, uma antipatia regional por café foi combatida com bebidas sem café, enquanto que as lojas na Ásia apresentam arranjos de assentos mais adaptáveis para atender grupos maiores.

A empresa também foi pioneira na estratégia digital centrada no consumidor, com regalias personalizadas no aplicativo da Starbuck, incluindo café de aniversário gratuito. Como resultado, não importa onde você esteja no mundo, a marca nunca se sente como uma gigante corporativa americana impessoal.

Coca-Cola

Coca-Cola é um chapéu velho quando se trata de operar em nível global. No entanto, a empresa teve que se adaptar para criar uma marca global que repercutisse no público internacional.

Nos anos 80 e 90, quando a empresa surgiu no palco global, produtos padronizados e mensagens resultaram em um retrocesso contra o imperialismo americano. Em resposta, a Coca-Cola introduziu sua estratégia de marketing “pense local, aja local” em 2000, com o objetivo de aumentar a sensibilidade local.

Desde então, a Coca-Cola passou de forte a forte e ainda é uma das marcas mais reconhecidas do mundo. A chave para este sucesso tem sido o foco da empresa em valores duradouros e universais, tais como ‘partilha’ e ‘felicidade’, assim como a localização de produtos e mensagens. Por exemplo, durante a Copa do Mundo da FIFA, cada uma das homepages internacionais da empresa apresentava celebridades locais e referências culturais, juntamente com a marca Coca-Cola imediatamente reconhecível.

Ikea

Fundada em 1943 por Ingvar Kamprad, a Ikea tornou-se uma marca reconhecida mundialmente, com lojas em todo o mundo, do Japão à Croácia. Em parte, este sucesso pode ser creditado aos atributos de marca universalmente atraentes da empresa, de baixo preço, sustentabilidade, forma, função e qualidade.

No entanto, como acontece com todas as marcas globais de sucesso, a Ikea leva o seu tempo para compreender o seu público internacional. Neste vídeo, o chefe de pesquisa da Ikea, Mikael Ydholm, explica como a empresa examina as mudanças sociais em todo o mundo, bem como as percepções das pessoas sobre o Ikea, para informar as escolhas de produtos.

Embora muitas vezes retenham os mesmos elementos, os conjuntos de espaço também variam de loja para loja, de acordo com os costumes locais. Por exemplo, no Japão, muitas vezes eles apresentam tapetes de tatami, um tradicional revestimento de piso japonês.

Construir uma marca global é tudo menos simples – mas sendo mais fácil do que nunca entrar em mercados internacionais, é algo que um número crescente de empresas pode conseguir. A chave é encontrar o equilíbrio certo entre mensagens globais e estratégias localizadas.

Aqui na K International, os nossos serviços de tradução podem ajudar a sua marca a falar com o seu público internacional. Desde a localização de websites até a transcrever o marketing, a nossa equipa pode desempenhar um papel fundamental na sua estratégia de branding internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *